Lembrancinhas de casamento

Quando ouvimos falar em casamento, logo pensamos nas lembrancinhas que iremos ganhar se formos convidados para o enlace matrimonial. Mas será que todos sabem a origem das lembrancinhas de casamento? Talvez a história seja mais bem interessante que a própria lembrancinha.

Como surgiu o costume de dar lembrancinhas em casamentos

O costume de dar lembrancinhas para os convidados em um casamento remonta a velha Europa Medieval, onde um bombom de amêndoas decorado com açúcar ou outro doce foi dado em agradecimento à presença do convidado e para dar sorte no casamento.

As lembrancinhas de casamento são sempre entendidas como uma parte necessária de uma recepção de casamento. Estes pequenos presentes têm uma história que remonta pelo menos quatro séculos, para a nobreza da Europa e os presentes caros feitos de açúcar e doces que eram distribuídos no final das celebrações de casamento como um sinal de agradecimento e para mostrar sua riqueza e nobreza.

A Europa e as primeiras lembrancinhas de casamento

Embora a origem precisa das lembrancinhas de casamento permaneça desconhecida até os dias atuais, os primeiros registros dos presentes, em vários países europeus datam do século XVI ao XVIII, ou seja, do final da Idade Média ao início da Idade Moderna. Durante este tempo, ele se tornou tradicional para a nobreza que dava presentes de açúcar e confeitos açucarados não só em casamentos, mas em todas as comemorações festivas e recepções.

O açúcar na época era muito caro, de modo que os presentes eram uma marca da riqueza e prestígio do doador. Os cubos de açúcar e doces eram geralmente apresentados em uma espécie de “bomboniere”, uma pequena caixa de cristal precioso, com pedras preciosas, ou de porcelana.

Conforme o preço do açúcar tornou-se mais acessível, a tradição se espalhou para outras classes sociais e começou a incluir outras lembrancinhas: pequenas caixas de amêndoas e outros frutos secos, biscoitos e frutas.

Lembrancinhas de casamento são sempre uma boa forma de retribuir a atenção dos convidados

Lembrancinhas de casamento nas classes sociais mais baixas

Nas classes mais baixas, esses presentes eram dados no início da cerimônia de casamento para os convidados poderem apreciá-los durante a celebração do matrimônio.

A lembrancinha eventualmente se tornou também tradicional para apresentar aos seus clientes um doce de amêndoas de açúcar revestido, conhecido como confete. Este termo foi mais tarde substituído por amêndoas de Jordão, cinco-doce ou simplesmente amêndoas, para simbolizar os dons de fertilidade, longevidade, saúde, riqueza e felicidade que os convidados desejavam sobre a noiva e o noivo em sua nova vida de casados.  Na Jordânia as amêndoas simbolizavam tanto os amargos quanto os doces aspectos da vida de casado.

Por que dar lembrancinhas de casamento?

As lembrancinhas de casamento são um modo da noiva e do noivo agradecerem aos seus convidados por compartilhar o seu dia tão especial dando pequenos presentes a eles, mas isso não é a história toda.

Nas tradições mais antigas, a noiva e o noivo eram vistos como pessoas que deveriam ter muita sorte. Por volta do século XVIII, quando as lembrancinhas do casamento já tinham alcançado as classes sociais médias e baixas, as lembrancinhas foram dadas como um modo da noiva e do noivo espalharem a sua sorte e as bênçãos de seu casamento para cada um de seus convidados.

O novo casal, muitas vezes, distribuía as lembrancinhas de casamento com suas próprias mãos para cada pessoa que tivesse ido à celebração do casamento como uma forma de compartilhar a bênção do seu amor.

Modernas lembrancinhas de casamento

Embora muitos casamentos ainda apresentassem lembrancinhas como amêndoas, balas, doces, bombonieres, bijuterias e caixas, a maioria dos casais prefere dar lembrancinhas aos seus convidados que sejam mais práticas.

Há uma demanda crescente de lembrancinhas que sejam úteis para os convidados que irão mantê-las, e que vão também lembrá-los do dia do casamento de amigos ou familiares. No entanto, as mais antigas tradições de nozes açucaradas e confeitos permanecem ainda vivas e populares para este dia.

Exemplos de lembrancinhas modernas

Copos de vinho podem ser usados como lembrancinhas, além de enfeitarem a festa de casamento. Eles podem ter uma foto dos noivos como lembrança e também servirão para que o convidado beba seu vinho favorito. O vidro do copo (a pessoa deve escolher taças bem largas) também pode ser usado para armazenar doces, ou até mesmo uma vela para iluminar, e tornar o ambiente mais agradável.

Porta-retratos personalizados

Para espalhar os bons desejos e captar as emoções do dia os noivos podem colocar uma foto deles em um porta-retratos de vidro perolizado clássico.

Sinos como lembrancinhas

Os sinos tocam alegremente no dia do casamento, quando um simples beijo no altar muda a vida do casal para sempre. Por isso, a pessoa pode dar a seus convidados o prazer de reviver esse momento repetidas vezes dando pequenos sinos prateados como lembranças a seus convidados. Normalmente, esses pequenos sinos vêm com um cartão que pode ser escrito pelos noivos.

Dica: Se você pretende se casar procure dar aos seus convidados sempre lembrancinhas originais e práticas, que eles possam utilizá-las também em seu dia a dia.

Por Salete Dias

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
 

Comments are closed.

Email
Print